O HD Tune foi projetado como um aplicativo de disco rígido.

Características:

Referência: mede o desempenho bruto
Taxa de transferência
Tempo de acesso
Utilização do CPU
Taxa de explosão
Informações sobre o disco rígido que incluem versão do firmware, número de série, capacidade do disco, tamanho do buffer, modo de transferência
Integridade do disco rígido
Informações SMART (análise de auto-monitoramento e tecnologia de relatórios)
Temperatura
Hora de Ligar
Copiar texto para a área de transferência
Copiar captura de tela para a área de transferência

Os discos rígidos estão entre os componentes de computador mais baratos, mas sua importância em um sistema é reconhecida por todos nós. Não há muito o que você possa fazer com um computador com um disco rígido quebrado e ter um que não tenha pelo menos os parâmetros normais é ainda pior na minha opinião. Trabalhar com um disco rígido lento será inevitavelmente refletido no seu trabalho.

Além disso, as falhas no disco rígido são a maior ameaça se você não tiver um backup adequado das informações mais importantes. Mas você pode prever o tempo aproximado para substituir o dispositivo de armazenamento, examinando os atributos SMART do disco rígido, que fornecem informações preciosas sobre o estado geral de integridade do dispositivo.

Setores ruins são outro infortúnio que é bastante frequente se a unidade de armazenamento não for mantida em condições adequadas. Verificar o disco quanto a falhas periodicamente (depende da “dor” que você inflige) é sempre uma boa ideia e, apesar de a verificação demorar um pouco, vale a pena.

Software para acompanhar o desempenho, uso e tempo de vida do disco está em toda a Internet e, ultimamente, mais e mais deles são gratuitos para uso em ambiente doméstico. Essas ferramentas podem ser usadas para comparar seus dispositivos de armazenamento e saber se há algo errado com eles.

O HD Tune é um pequeno utilitário que pode ser executado mesmo em um dispositivo de armazenamento portátil criado para testar velocidades de intermitência, monitorar a temperatura do HDD e comparar a velocidade (taxa de transferência) e verificar erros. O aplicativo pode testar outro armazenamento que não discos rígidos, como cartões de memória, pen drives ou iPods.

Nenhuma instalação é necessária e uma extração simples do executável do pacote compactado será suficiente. A aparência é clara, simples e direta. Não há sinos e assobios e todas as opções principais podem ser identificadas quase de relance.

O HD Tune identificará todos os dispositivos de armazenamento conectados ao seu computador automaticamente, para que você não precise fazer nenhum esforço nesse sentido. A única tarefa para você é escolher o dispositivo desejado que você deseja testar no canto superior esquerdo da janela do aplicativo. Um pouco para a direita, há a temperatura atual lida nos atributos SMART do dispositivo (se disponível). No meu caso, o padrão foi definido em graus Celsius, mas você pode escolher unidades Fahrenheit na janela Opções.

As quatro guias principais que fornecem testes e informações sobre o dispositivo de armazenamento selecionado são exibidas em exibição simples, logo abaixo do menu suspenso seleção de dispositivo. referência é a primeira seleção e fornecerá informações sobre a taxa de transferência mínima e máxima registrada, além de calcular a média entre as duas. Detalhes adicionais incluem a determinação do tempo de acesso ao dispositivo, taxa de burst e uso da CPU.

Observe que, no caso da taxa de transferência do HD Tune, é fornecida em megabytes por segundo e 1 MB é igual a 1024 KB. As informações são importantes porque você pode classificar pontuações mais altas com outros utilitários de benchmarking do HDD que definem 1 MB como igual a um milhão de bytes.

Tempo de acesso é exibido em milissegundos e na interpretação gráfica dos resultados é marcado por essas sardas amarelas. A taxa de burst representa a velocidade mais alta na qual os dados podem ser transferidos da interface do inversor para o sistema operacional. Tanto a Taxa de Ruptura quanto o uso da CPU (tempo de CPU necessário para o sistema ler dados do disco) não estão em nenhum lugar do gráfico, o que facilita a digestão e a compreensão.

A guia Informações é dividida em três seções, mostrando detalhes sobre cada partição do disco rígido selecionado (letra, etiqueta, capacidade, uso, tipo de sistema de arquivos e se é inicializável ou não), os recursos que o HDD suporta (SMART, cache de gravação, Endereço de 48 bits, modo de segurança, NCQ, gerenciamento de energia, gerenciamento de energia da interface etc.) e algumas informações básicas sobre a versão do firmware, número de série, capacidade (real e conforme definida pelo fabricante), interface padrão, modo de transferência máxima e ativa.

O estado de saúde fornece informações estritamente de Atributos SMART. Na parte inferior, você pode ver a potência total no tempo do disco, bem como o status geral. Dependendo do disco rígido sujeito a teste, você terá mais ou menos atributos SMART exibidos nesta janela. Na figura ao final da análise, existem apenas quinze deles presentes, mas o teste de um dispositivo mais recente revelou a presença de pelo menos 20 deles (tempo de aceleração, contagem de start / stop, taxa de erros, desempenho de tempo, desempenho e potência) horas, repetição de centrifugação, contagem do ciclo de energia, temperatura) O único problema seria extrair a melhor informação deles, fazendo uma interpretação correta dos valores exibidos.

Erro ao digitalizar é a última opção principal disponível no aplicativo e tem como objetivo detectar blocos danificados no disco rígido testado. Um gráfico mostra todos os setores do dispositivo de armazenamento e, no lado direito da tela, existem os resultados após a conclusão da digitalização: porcentagem de blocos danificados, velocidade da digitalização, posição da verificação e tempo decorrido. Os setores são codificados por cores e a legenda os explica claramente. Uma dica rápida: se a janela inteira ficar verde e não houver quadrados vermelhos visíveis, o disco estará absolutamente bom.

Os tempos de verificação dos erros diferem de acordo com a capacidade de armazenamento de cada disco (quanto menor, mais rápido); portanto, se você estiver usando esses monstros de 500 GB ou 1 TB, esteja preparado para uma longa espera.

As opções colaterais permitem copiar todas as informações exibidas em uma das guias principais para a área de transferência, imagem de tela da janela e copie-a para a área de transferência ou salve a captura de tela no local desejado no disco. As imagens são salvas no formato PNG, para que elas usem pouco espaço. As informações copiadas para a área de transferência podem ser coladas em qualquer editor / processador de texto e todos os detalhes serão organizados em um log de fácil leitura.

As configurações de ajustes também estão disponíveis no aplicativo, embora não haja muito o que personalizar. Com relação ao benchmarking, você pode ajustar a precisão da taxa de transferência para um compromisso adequado entre velocidade e qualidade dos resultados. Definir o tamanho do bloco é outra opção disponível neste menu (de 512B a 8MB).

Temperatura O menu é mais rico em configurações, pois oferece opções para alterar as unidades de graus de Celsius para Fahrenheit, ou você pode optar por tornar as duas unidades visíveis na tela principal. Para manter você sempre informado sobre a temperatura atual do disco rígido, a pequena ferramenta exibirá essas informações na bandeja do sistema. Por padrão, a cor é escura e, para ser franco, levei algum tempo para detectar os detalhes. Mas isso pode ser corrigido, pois o HD Tune permite alterar a cor para temperatura normal e crítica.

Por falar em temperatura crítica, o programa permite configurá-lo de acordo com o disco que você monitora. Assim que o valor escaldante for atingido, o ícone na bandeja do sistema mudará de cor e um pequeno balão alerta sobre a modificação. A desvantagem é que também não há alerta de áudio, mas você não pode ter tudo.

Um pequeno golpe de sorte impede você de minimizar o aplicativo na bandeja do sistema no Vista. Mas isso pode ser remediado com um pouco de esforço. Como a interface não contém mais uma opção para enviá-la à bandeja e continuar monitorando a temperatura do disco, você pode configurar o aplicativo para começar a ser minimizado (e executado em Windows inicialização) e após todas as configurações, basta reiniciar o programa. No entanto, essa é uma alternativa bastante desconfortável para os usuários do Vista.

O bom

O HD Tune é uma ferramenta muito útil e fácil de usar para você aprender sobre o estado de saúde do seu disco rígido. Ele pode comparar cartões de memória, iPods, chaves USB e corrigir unidades.

Os gráficos oferecem uma visão mais fácil dos resultados dos testes e você pode salvar o log na área de transferência com um simples toque de um botão.

O mal

No Vista, não há como minimizar o botão da bandeja do sistema.

A verdade

O aplicativo consegue incluir os recursos mais importantes para o monitoramento do disco rígido (taxa de transferência, varredura de erros, monitoramento de temperatura, leitura de atributos SMART) e comparações em um arquivo executável de 392 KB. Não há testes complicados, mas eles dão uma dica sobre o desempenho e a saúde do disco.